quinta-feira, 9 de agosto de 2012







8ª aula - Unidade 5 : Cooperação ou Interação?

Atividade:
  1. A partir da leitura do trecho abaixo, em grupo, redigir um pequeno texto colaborativo sobre a Wikipédia e seus princípios:
    1. Abordar também a pergunta instigadora: Como poderíamos ou deveríamos usar a Wikipédia com os nossos alunos?

“Wikis são páginas com história, páginas que requerem, muitas vezes, uma leitura transversal. O texto, construído coletivamente, está aberto não somente no sentido de que pode ser editado por qualquer um, mas é visível em sua estrutura, em suas alterações sucessiva”


Acho importante estarmos atentos sobre as fontes de pesquisas que estaremos postando!
         Tenho algumas reservas quanto ao uso da Wikipédia com os alunos, pois devido ao fato de ter muita coisa pouco confiável, não sei se eles conseguiriam filtrar o conteúdo e poderiam ter até alguns contratempos com o uso dessa ferramenta.
O primeiro passo seria a escolha do tema a ser pesquisado, que seja um tema que além de um novo conhecimento também deva fazer parte da zona de interesse do meu aluno; pois levando em conta o interesse do mesmo minimizaria a dispersão para outros temas mais atrativos porém de pouca função educacional, com certeza um ou outro aluno fará uso indevido dessa ferramenta, contudo, a mediação fará a diferença.  
“Com os meus alunos, trabalho sempre com sites mais confiáveis. Somente uso a wiki quando sei que a informação está fielmente correta com aquilo que já conheço.”
Por ser um ambiente colaborativo onde qualquer usuário pode postar seus conhecimentos e acrescentar às informações já contidas, considero um ambiente não tão confiável. Podemos levá-lo aos nossos educandos como fonte de pesquisa, porém sempre alertando-os para buscarem confirmações em outras fontes, como teriam que fazer em qualquer tipo de pesquisa.
Antes de envolver o educando no uso dessa ferramenta, como educadores, vejo a necessidade de experimentarmos seus serviços, para adquirirmos mais experiências, já que ainda a utilizamos muito pouco em nosso cotidiano ou passamos a conhecê-la há pouco tempo.